001 BMA20191030152717
010   ^a972-8955-03-0^b^d
021   ^aPT^b239021/06
100   ^a20191030d2006    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
105   ^aa   m   001yy
106   ^ar
200 1 ^aPobre e mal agradecido^e<A> educação patalógica de Rui Tavares^fRui Tavares^gpref. Ricardo Araújo Pereira
210   ^aLisboa^cTinta-da-China^d2006
215   ^a201 p.^cil.;
300   ^aSe não foram os portugueses a inventar a expressão "pobre e mal agradecido", foi certamente esta expressão que inventou os Portugueses. Talvez nenhum outro povo tenha sido tão firmemente persuadido de que um pobre, além de pobre, não deve ter direito a ser mal agradecido. Esta coleção de argumentos patalógicos, ou seja, sentimentais e filosóficos, sobre política, cultura e a vida em tempos de crise reivindica o consolo e o privilégio da insolvência.
330   ^aPobre e Mal Agradecido reúne um conjunto de textos de opinião e de crítica nos quais Rui Tavares, em estilo fluente que não se quer largar, abrange temas tão variados como a religião, a política, a arte e a literatura, o ensino, os vícios de pensamento. O seu registo oscila entre a seriedade dos temas, com belas homenagens a escritores como George Orwell ou Italo Calvino, e o seu humor e sarcasmo de polémicas como as  dos crucifixos nas escolas ou das últimas eleições presidenciais. Em qualquer dos casos o autor apresenta-nos sempre um raciocínio evidente e claro, que acompanhamos com prazer. Um livro indispensável para compreender o nosso tempo.
606   ^aLiteratura portuguesa^xEnsaios
606   ^aEnsaios
675   ^a821.134.3-4^vBN^zpor
700  1^aTavares,^bRui,^f1972-
702  1^aPereira,^bRicardo Araújo,^f1974-^4080
801   ^aPT^bBMA^c20191030^gRPC
920 n
921 a
922 m
923  
924  
925  
931 20191030
932 d
933 2006
934     
935 m
936 y
937 0
938 ba